Fardos que suspeita serem de haxixe dão à costa em praias do Norte

"Apareceu um fardo que poderá ser de haxixe, embora as características sejam diferentes do habitual", explicou o capitão de Porto do Douro, Rodrigues Campos

Dois fardos que se supõe serem de haxixe foram hoje encontrados nas praias de Quebrada, em Lavra, Matosinhos, e da Baía, em Espinho, disse fonte da Polícia Marítima, acrescentando que o produto vai ser entregue à Judiciária.

Em declarações à Lusa, o capitão de Porto do Douro, Rodrigues Campos, confirmou que uma patrulha da Polícia Marítima identificou hoje, pelas 14:00, na praia Quebrada (Matosinhos) um fardo de cerca de 80 quilos e que "poderá ser de haxixe, mas com características diferentes do habitual".

"Apareceu um fardo que poderá ser de haxixe, embora as características sejam diferentes do habitual, porque tem forma de cubo, mas com a consistência resinosa e, normalmente, o fardo aparece com pacotes embalados", explicou.

Em Espinho, o fardo encontrado hoje, de manhã, na praia da Baía, em Espinho, tem características e peso semelhantes. Neste caso, foi a PSP que o encontrou e retirou o produto do areal, comunicando de seguida os factos à Polícia Marítima. A PSP revela que ainda estão a ser feitos testes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG