PJ detém homem por suspeita de incêndio florestal

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem por suspeita do crime de incêndio florestal no concelho de Baião. O suspeito ateou fogo com um isqueiro e um maçarico no dia 14 de junho, na freguesia de Santa Cruz do Douro.

"O suspeito, atuando num quadro de adição por ingestão de álcool, sem motivação subjacente, resolveu atear fogo, com recurso a um isqueiro e a um maçarico, ao estrato herbáceo de uma zona agrícola e densamente povoada por vegetação arbustiva", explica a PJ em comunicado, adiantando que as consequências não foram maiores porque "as chamas foram imediatamente detetadas e combatidas pelos Bombeiros de Baião".

O detido, com 63 anos de idade, reformado por invalidez, "vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas", acrescenta.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG