Peixe gigante e o carro 'Herbie' conquistam pódio

Concorrentes dão largas à criatividade e dificultam a tarefa do júri, sobretudo no escalão A, destinado aos mais novos.

Motivação e criatividade não faltaram, ontem, na ilha de Tavira, onde em poucos minutos os participantes no concurso Construções na Areia, iniciativa do Diário de Notícias, deram à estampa esculturas para todos os gostos, simbolizando, entre outras, polvos, castelos, baleias, tartarugas e peixes de tamanhos diversos, cavalos-marinhos e até, imagine-se, a célebre viatura Herbie a evocar o velhinho carocha de um filme, além de uma medusa da mitologia grega. "Ó filho! põe mais areia por cima e alisa aí em baixo", indicava a mãe de uma das crianças. "Quanto tempo ainda falta?",perguntava um concorrente, aproveitando para aprimorar vários aspetos do seu trabalho. Familiares dos pequenos artistas e outros utentes da praia registavam o evento com fotos e em vídeo.

Só após várias voltas ao recinto para melhor poder avaliar os trabalhos, o júri constituído por Clara Cabrita, Técnica Superior de Educação, Sílvia Caiado, arquiteta paisagista, e Cláudio Amador, engenheiro do Ambiente, todos funcionários da Câmara de Tavira, acabou por escolher os vencedores, tendo privilegiado a "volumetria, a criatividade e pormenores". As esculturas no escalão A, destinado a crianças dos seis aos dez anos, estavam "mais equiparadas em qualidade", tornando assim "mais difícil" a decisão do júri, enquanto no escalão B, dos 11 aos 14 anos, tal foi "mais fácil" devido à maior "diversidade" dos trabalhos e "ideias originais", como reconheceu um dos elementos.

Um peixe de grandes dimensões valeu o primeiro prémio no escalão dos mais novos a Tomás Martins, enquanto entre os mais velhos Gonçalo Lino foi o vencedor ao exibir um Herbie, o célebre carro. Já noutra área do recinto, António Pinho, de 15 anos, residente em Pindelo (Oliveira de Azeméis) e convidado da organização para o Atelier Construções na Areia DN, depois de ter conquistado vários prémios nesta iniciativa, prendeu as atenções do público.

Mais Notícias