Passos vai confrontar Costa com polémica sobre governador do BdP

Líder do PSD disse que vai abordar no debate quinzenal as declarações dos partidos que apoiam o governo sobre Carlos Costa

O líder do PSD criticou hoje a esquerda parlamentar por conviver mal com os reguladores e fazer declarações hostis sobre o governador do Banco de Portugal, antecipando que no debate quinzenal vai confrontar o primeiro-ministro com a polémica.

"Tem havido por parte dos partidos que apoiam o Governo um conjunto de declarações que são abertamente hostis ao atual governador e que de certa maneira escondem a forma como a maioria convive mal com os reguladores, com os órgãos, as entidades e instituições que têm independência. Já vimos isso a propósito do Conselho de Finanças Públicas, vemos isso a propósito do Banco de Portugal e outras instituições", criticou o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, em declarações aos jornalistas à margem da visita ao Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas (SISAB), em Lisboa.

Uma vez que o primeiro-ministro, António Costa, estará na quarta-feira no parlamento para o debate quinzenal, o líder do PSD considerou que "essa será talvez a circunstância mais adequada para tratar estes assuntos na medida em que é preciso confrontar o Governo com algumas das notícias que têm vindo a público".

"Eu não quero estar a comentar sem saber exatamente o que é que se passa do lado do Governo", disse aos jornalistas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG