Pai quer ficar com o filho que mulher abandonou

Notícia deixou o camionista em choque. Hoje é ouvido pela Comissão de Menores.

A família do bebé abandonado em Vilar de Pinheiro no sábado espera recuperar a tutela do recém-nascido até amanhã ou, no limite, segunda-feira. Uma situação que, de acordo com a advogada da mulher de 30 anos que abandonou a criança, poderá ser facilitada pelo facto de o procurador encarregado do processo não desejar a institucionalização do recém-nascido. O pai quer ficar com o filho e é ouvido hoje pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vila do Conde.

Leia mais no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG