Os "dossiers" que tornaram contestado Rui Pereira

O actual ministro da Administração Interna nem é muito criticado nas áreas que normalmente incomodam o responsável pela pasta.

O país a arder, uma violenta vaga de assaltos, cargas policiais desproporcionadas em relação aos manifestantes são, normalmente, os momentos em que um ministro da Administração Interna é alvo de contestação generalizada. Mas Rui Pereira, um dos rostos remodeláveis do executivo de José Sócrates, é criticado por questões como os blindados que não chegaram a tempo ou os eleitores que não conseguiram votar. No dia em que o ex-director da Administração Interna vai ao Parlamento explicar o que se passou nas eleições presidenciais, recordamos os casos que têm chamuscado Rui Pereira.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG