Operação 'Ano Novo' regista cinco mortes em 612 acidentes

Em comparação com o ano passado, registaram-se mais dois mortos

GNR durante a operação "Ano Novo", que terminou às 00:00 de domingo, registou 612 acidentes, que provocaram cinco mortos, 21 feridos graves e 191 ligeiros, disse à Lusa fonte daquela força policial.

De acordo com a mesma fonte da GNR, em comparação com o mesmo período do ano anterior, registaram-se mais dois mortos, mais oito feridos graves, mas menos dois acidentes e menos um ferido ligeiro.

A operação "Ano Novo" decorreu entre as 00:00 de 31 de dezembro e as 00:00 de domingo, 03 de janeiro de 2016.

No âmbito da mesma operação, foram registados 1.822 excessos de velocidade, tendo sido fiscalizadas 650 condutores com álcool no sangue, 212 dos quais foram detidos com uma taxa igual ou superior a 1,2 g/l, valor a partir do qual é considerado crime.

Dos condutores fiscalizados pela GNR durante os três dias em que decorreu a operação, 137 não tinham cinto de segurança ou usavam-no incorretamente e 121 usavam indevidamente o telemóvel durante a condução.

Em relação aos números combinados da Operação Natal e Ano Novo, e comparativamente a igual período de 2014/2015, registaram-se 1.201 acidentes (menos 31), 12 mortos (igual número), 40 feridos graves (mais 14) e 378 feridos ligeiros (mais 22).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG