Número de infetados com 'legionella' subiu para 66, autoridades estão reunidas

O número de pessoas contaminadas com 'legionella' subiu para 66, estando 50 no hospital de Vila Franca de Xira, e as outras 16 em vários hospitais de Lisboa.

Os responsáveis de Saúde estão reunidos para analisar a situação, devendo ser transmitida uma posição oficial sobre este tema por volta da hora de almoço, sendo possível a convocação de uma conferência de imprensa ou a emissão de um comunicado.

"Os casos são todos oriundos de Vila Franca", sublinhou fonte oficial da Administração Regional de Saúde de Lisboa., afastando assim a hipótese de contaminação múltipla em vários pontos da zona da Grande Lisboa.

Na sexta-feira deram entrada no Hospital de Vila Franca de Xira 27 pessoas com queixas do foro respiratório, tendo mais tarde aquela unidade hospitalar confirmado tratar-se de infetados com a bactéria 'legionella'.

Em declarações à Lusa, o diretor-Geral de Saúde, Francisco George, disse que, "ao que tudo indica", os casos de infeção por 'legionella' circunscrevem-se ao concelho de Vila Franca de Xira.

Das 27 pessoas internadas em Vila Franca de Xira, sete estavam nos Cuidados Intensivos e Intermédios, sendo que uma destas estava "ventilada". "É o que está pior", referiu fonte oficial do Hospital Reynaldo dos Santos.

A bactéria "legionella" é responsável pela Doença dos Legionários, uma pneumonia grave, cuja infeção se transmite por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG