Paulo Macedo a caminho da liderança da Caixa Geral

O nome do antigo ministro da Saúde já tinha sido falado há alguns meses

A nova equipa de administração da Caixa Geral de Depósitos será apresentada amanhã ao Banco de Portugal e terá Paulo Macedo na liderança. A notícia foi avançada pelo Jornal de Negócios e confirmada ao DN por fonte do executivo.

Segundo apurou o DN, Paulo Macedo está a formar a equipa da administração. O seu nome será apresentado esta sexta-feira ao Banco de Portugal pelo governo, acionista da CGD, que terá de aprovar o currículo do banqueiro e fazê-lo seguir para o BCE.

Rui Vilar, um dos nomes que transita da anterior administração, vai ocupar a posição de chairman - um cargo que era também ocupado pelo CEO António Domingues.

O primeiro-ministro, António Costa, disse na segunda-feira, após a demissão de António Domingues, que o novo presidente do banco público seria conhecido até ao fim da semana.

Paulo Macedo foi ministro da Saúde do governo de Passos Coelho, mas já antes tinha deixado a sua marca no governo de Durão Barroso, quando foi diretor geral dos Impostos.

No domingo à noite, o Ministério das Finanças anunciou que o presidente do Conselho de Administração da CGD, António Domingues, apresentou a demissão do cargo, decisão em que foi acompanhado por mais seis administradores.

A saída surgiu depois de nas últimas cinco semanas a administração da Caixa ter estado rodeada de polémica, primeiro pela recusa da entrega da declaração de rendimentos e património por parte daqueles responsáveis pelo banco público, depois por acusações como a eventualidade de Domingues estar na posse de informação privilegiada, enquanto funcionário do concorrente BPI, quando participou, como convidado, em três reuniões com a Comissão Europeia para debater a recapitalização da CGD.

Em atualização

Com Lusa

Mais Notícias

Outras Notícias GMG