Turista espacial português treina na maratona

Primeiro turista espacial português foi estrela na maratona de Viana que decorreu esta manhã e já prepara prova de Londres. Todas as semanas corre mais de 40 quilómetros.
 

Foram mais de duas horas para correr vinte quilómetros mas para Mário Ferreira, o empresário que se tornará no primeiro português a ir ao espaço, a Meia-Maratona Manuela Machado, em Viana do Castelo, “foi um bom teste”.

Já lá vão 18 quilos perdidos e o treino é cada vez mais intenso. Na sua estreia neste tipo de prova, Mário Ferreira levou o dorsal n.º1 entre 3000 atletas que participaram na maratona vianense.

“Só há quatro meses é que estou a treinar. Depois de quase pesar 100 quilos e ter perdido 18 acho que fiz uma boa prova”, começou por apontar, ainda ofegante, o empresário vianense, acrescentando: “tínhamos definido uma passada de dez quilómetros por hora e foi isso que fizemos”.

A participação na prova de Viana foi mais um passo com o objectivo de prepara a ida ao espaço, mas pelo caminho aparece agora o desafio de participar, a 25 de Abril, na Maratona de Londres, na equipa de Richard Branson, denominada “Mission: Possible”. “Até lá vou participar em mais algumas provas, mas gostei muito desta de Viana do Castelo. Fizemos uma festa até ao fim e agora, entretanto, os meus treinadores vão puxar por mim para ver se faço a maratona ao lado do Richard Branson”, garantiu.

Entretanto, Mário Ferreira garante correr mais de quarenta quilómetros por semana. Preparação que servirá para a prova de Londres e para a viagem ao espaço já em 2011. O empresário do Porto foi o primeiro português a comprar um bilhete de 200 mil dólares para uma viagem ao espaço A viagem será feita na Enterprise, nave que pertence à empresa Virgin Galactic do multimilionário britânico Richard Branson.
 
Com cerca de uma hora de diferença, a prova de Viana do Castelo, que já vai na 12.ª edição, realizada na manhã de hoje e organizada pela antiga campeão olímpica Manuel Machado, foi ganha pelo russo Alexei Reunkov, seguido do português José Moreira (equipa da casa, Cyclones-Sanitop) e em terceiro o queniano Kenneth Kiplimo. Na competição feminina venceu milka Jerotich (Quénia), seguida da russa Olga Glot e em terceiro a atleta do S.C. Braga, Filomena Costa.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG