Serralves em Festa atinge recorde com 231 eventos

A 9.ª edição do Serralves em Festa, que arranca hoje no Porto e se prolonga até domingo, promete 231 atividades gratuitas para todas as idades, apresentadas pelo número recorde de "933 artistas", disse à Lusa a diretora-geral da Fundação.

"São 231 eventos, o que é ótimo e que corresponde a 933 artistas, um número recorde de participação no Serralves em Festa", realça Odete Patrício, em entrevista à Lusa. Oficialmente, o Serralves em Festa abre os portões da Fundação às 8.00 da manhã de sábado e encerra-os às 00.00 de domingo, com 40 horas de animação consecutiva.

Já hoje, envolve-se com a cidade e a população do Porto com eventos de teatro, marionetas, performance e dança no Centro Histórico do Porto, numa parceria com o Manobras no Porto, e no Aeroporto do Porto.

O circo contemporâneo da Guiné-Conacri, "Foté Foré", ou "Batida", um espetáculo originário de Angola que mistura música eletrónica com kuduro, são dois dos projetos de expressão artística contemporânea que Odete Patrício destacou nesta 9.ª edição.

O número de parceiros culturais também aumenta este ano de 63 para 90 em relação ao ano anterior, acrescentou a diretora-geral, congratulando-se ainda pelo número "fantástico" de 300 voluntários.

O "multiculturalismo" e o "envolvimento da população nas atividades culturais" são duas das grandes linhas condutoras que diferenciam a 9.ª edição de Serralves em Festa dos anos anteriores, assegura Odete Patrícia, observando que os 231 eventos agendados para este fim-de-semana "só são possíveis com o apoio de dois mecenas: banco BPI e cervejeira Super Bock"

O jogo do Monopólio, com a cidade do Porto a servir de tabuleiro para os jogadores, a música jazz, a Festa no Prado e o concerto de encerramento da banda britânica "The Irrepressibles", marcado para as 23.00 de domingo, são outros momentos fortes enumerados por Odete Patrício.

Serralves em Festa recebeu, em 2010, 103 mil visitantes, e em 2011, porque choveu, a festa registou 98 mil.

"Para 2012, estamos em querer que se o tempo estiver bom iremos novamente para os cerca de 100 mil visitantes", estimou a diretora geral de Serralves, referindo, todavia, que o objetivo do evento "não é de crescimento de visitantes", "porque o parque tem as suas limitações físicas e também é uma sobrecarga grande".

Teatro, cinema, performances e fotografia são outras das áreas da arte contemporânea representadas em Serralves em Festa, em espetáculos que vão desde o concerto dos European Movement Jazz Orchestra até à música experimental de Nuno Rebelo e à dança de Aldara Bizarro, com um espetáculo inspirado no "Baile", do italiano Ettore Scola.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG