Relação confirma condenação de Carolina Salgado

A Relação do Porto confirmou a decisão de primeira instância que condenou Carolina Salgado, ex-companheira de Pinto da Costa, a indemnizar o líder da claque Superdragões, Fernando Madureira, soube-se hoje de fonte judicial.

Em causa está um crime de difamação agravada, que visava Fernando Moreira no livro "Eu, Carolina", que a ex-companheira do presidente do FC Porto publicou no final de 2006.

O livro aludia a uma alegada invasão do Tribunal de Gondomar que estaria a ser preparada por Fernando Madureira, caso o presidente do FC Porto não fosse libertado aquando do interrogatório judicial no processo Apito Dourado, em Dezembro de 2004.

Num veredicto proferido em 23 de Fevereiro de 2010, o 4.º Juízo Criminal condenou a antiga companheira de Pinto da Costa a uma multa de 150 dias à razão de 20 euros diários (3.000 euros, no total).

O juiz determinou ainda o pagamento de 1.750 euros de indemnização ao queixoso, por danos morais.

A defesa de Carolina Salgado anunciou de imediato o recurso para a Relação, de que agora se conheceu o desfecho, alegando que os factos alegadamente difamatórios tinham ficado por provar.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG