Recuperado material de 18 assaltos na região do Minho

A GNR anunciou a recuperação de artigos provenientes de pelo menos dezoito furtos, praticados nos concelhos de Ponte da Barca, Vila Verde e Arcos de Valdevez, tendo identificado nove suspeitos.

De acordo com a rádio de Braga Antena Minho, a operação decorreu até à madrugada de quarta-feira e surgiu devido às investigações no âmbito de um processo em curso, que permitiram obter informações sobre os possíveis autores dos furtos, bem como dos possíveis recetadores do material furtado.

Assim, os militares da GNR localizaram e identificaram cinco indivíduos suspeitos da prática de crimes de furto e quatro do crime de recetação, além da recuperação de material furtado em vários assaltos.

Os suspeitos, entre os quais uma mulher, são todos portugueses, com idades compreendidas entre os 16 e os 38 anos, e foram constituídos arguidos, sujeitos a Termo de Identidade e Residência, enquanto decorre a investigação.

As buscas realizadas pelos militares decorreram em duas habitações de Entre-Ambos-os-Rios e Paço Vedro Magalhães, ainda no Lindoso e Nogueira, no concelho de Ponte da Barca, mas também no Soajo, em Arcos de Valdevez.

Dos artigos recuperados a GNR destaca diverso material informático, além de equipamentos de som e imagem, garrafas de bebidas alcoólicas, motos e fatos de proteção de motocrosse.

Ainda vestuário, consolas de jogos, máquinas fotográficas, uma concertina, motosserras, berbequins, lanternas e rebarbadoras, entre outro material, furtado em pelo menos 18 situações.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG