Queda de parapente faz dois feridos ligeiros

A queda de um parapente a motor, ocorrida hoje, junto à praia de Canidelo Sul, em Gaia, ficou a dever-se à falta de combustível, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões.

Segundo a mesma fonte, apenas um parapente caiu no mar. Quanto ao outro, o seu piloto decidiu "aterrar, para salvar" o colega.

Os dois pilotos, de nacionalidade holandesa e com 37 e 45 anos, sofreram apenas ferimentos ligeiros, tendo sido transportados para o Hospital Santos Silva, com suspeitas de hipotermia.

Tiveram "alta" por volta das 14:20, disse, entretanto, uma fonte hospitalar.

Os dois parapentes, acrescentou, "vinham a voar desde Esposende", no distrito de Braga.

O alerta do acidente foi dado às 13:02, tendo estado no local, além dos Voluntários de Coimbrões, os Sapadores de Gaia, a Polícia Marítima e uma viatura médica do Instituto Nacional de Emergência Médica.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG