Polícia Judiciária investiga morte de recém-nascido

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o caso de uma criança recém-nascida que hoje morreu numa habitação de Paços de Ferreira, confirmou fonte policial.

O bebé, ainda com vida, foi assistido pelos bombeiros locais, mas acabaria por morrer, adiantou, por outro lado, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que teve uma equipa no local, deslocada a partir do Hospital e S. João, no Porto.

Fonte no local disse à Lusa que a GNR e os bombeiros da cidade foram chamados porque havia indícios de que teria ocorrido um parto na habitação. Segundo afirmou, o bebé, do sexo masculino, foi encontrado na residência pelos militares da GNR. Na casa encontrava-se uma mulher de cerca de 30 anos que negou ter dado à luz a criança.

A mulher foi transportada de ambulância para o hospital Padre Américo, em Penafiel, onde se encontra internada no serviço de obstetrícia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG