Museu da Santa Casa pode avançar em 2013

A Misericórdia do Porto (SCMP) estima que as obras de reabilitação da Casa da Prelada estejam concluídas até ao fim de 2013, o que permitirá avançar com o projeto do museu.

Segundo o padre Américo Aguiar, responsável pelo departamento de atividades culturais da SCMP, a ideia é instalar um museu na sede, na rua das Flores, assim que os serviços de biblioteca, arquivo e provedoria sejam transferidos para a Casa da Prelada.

Será na rua das Flores que o museu da Misericórdia acolherá "o património artístico" da Santa Casa, que se traduz em milhares de peças entre pintura, escultura, ourivesaria e paramentaria que estão já a ser objeto de restauro.

Segundo Américo Aguiar, que falava à Lusa no âmbito das primeiras jornadas sobre o património artístico da SCMP, "o restauro é moroso e custoso" e está a cargo do Centro de Conservação e Restauro da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa.

Com estas jornadas, acrescentou o responsável, pretende-se "fazer um balanço" do trabalho já realizado no âmbito do protocolo assinado com a Católica, há três anos, para o restauro, catalogação de todo o património artístico da Santa Casa e "definição de novos objetivos".

Américo Aguiar referiu ainda estar programado para junho um congresso sob o lema "Culto, Caridade e Cultura", considerados "os três alicerces da Santa Casa".

"Não se pode olhar para a Misericórdia apenas no âmbito da caridade", disse, destacando a importância da cultura no papel da Santa Casa.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG