Milhares de Pais Natal nas ruas para bater recorde

Milhares de pais e mães Natal partiram esta tarde da Praça da República, no Porto, rumo à Avenida dos Aliados para celebrar a época festiva mas também para contribuir para variadas instituições de solidariedade social.

Nesta quinta edição do desfile do "Natal d'Ouro" a organização pretende bater o recorde de 15 mil pessoas, até porque na edição de 2010 a adesão ficou aquém desse objetivo por apenas 37 pais Natal. "Temos 20 mil fatos para distribuir e 17 mil pré-inscrições para o desfile dos pais Natal", conta à Lusa Vítor Ferreira, da organização, que salienta o cariz de solidariedade social por que se pauta este evento que atraiu milhares de participantes e espetadores à baixa do Porto.

"Além de ter um fundamento importante, que é a animação da cidade do Porto", conta Vítor Ferreira, "a organização converte um euro por cada pai Natal que chegue ao fim do desfile em brinquedos e bens essenciais para instituições de solidariedade através da câmara municipal". Prestes a iniciar o desfile na Praça da República Amadeu Leite disse à Lusa que decidiu participar "a pedido da miúda que nunca tinha vindo cá", mas também pela solidariedade que carateriza o evento.

"Convém é chegar este ano ao fim da meta", afirmou, para concluir que "senão não vale". Já Maria Albertina Nogueira fez uma pausa na dança natalícia que fazia ao iniciar o desfile do Natal d'Ouro para dizer à Lusa que participa "todos os anos porque é um divertimento e faz esquecer a crise que anda por aí". "É a altura mais bonita do ano", disse, lamentando apenas que "as pessoas só se lembrem de ajudar os outros nesta altura, porque devia ser o ano todo".

O desfile do Natal d'Ouro teve início em 2007 com a participação de apenas oito mil pais Natal. Com a fasquia já próxima dos 15 mil e já na sua quinta edição a organização acredita que o desfile dos pais Natal pode tornar-se numa séria tradição portuense.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG