"Neve em Lisboa": especialistas falam em granizo a derreter ao cair

Para o IPMA, o fenómeno observado na terça-feira em São Domingos de Benfica podia assemelhar-se a neve mas tecnicamente é outra coisa

Os flocos que caíram esta terça-feira na zona de São Domingos de Benfica, em Lisboa, e surpreenderam quem os viu por parecerem de neve foram, para os meteorologistas, um fenómeno de granizo.

Questionado pelo DN sobre o episódio, registado terça-feira por volta das 18:15, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) explicou que tecnicamente não se terá tratado de neve.

"Foi observada queda de granizo (desconhece-se o diâmetro das pedras) em alguns locais da cidade e arredores (margem sul)", diz o IPMA ao DN, numa resposta por e-mail. "Não há notícia, em lado algum, de precipitar neve com uma temperatura do ar de quase 12º à superfície", como a que se registava àquela hora.

Então por que razão várias testemunhas viram flocos semelhantes à neve? Uma especialista em meteorologia explicou ao DN que com uma temperatura de 11º/12º - a que estava em Lisboa - poderá ter-se dado o caso de, chovendo granizo, este ter-se ido diluindo do seu estado sólido para o líquido à medida que se aproximava do solo".

Estas pedras podem ficar suficientemente leves para flutuarem como pequenos flocos que, tal como noticiamos, derretem por completo antes de tocar no solo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG