MP reabre inquérito sobre desaparecimento de Maddie

O Ministério Público anunciou hoje a reabertura do inquérito sobre o desaparecimento da criança inglesa Madeleine McCann, depois de a Polícia Judiciária ter apresentado novos elementos.

Em comunicado enviado às redações, a Procuradoria-Geral da República afirma que a decisão de reabrir o inquérito tem origem em proposta da Polícia Judiciária, "atendendo à apresentação de novos elementos indiciários que justificam o prosseguimento da investigação".

O inquérito corre na Procuradoria de Portimão e está abrangido pelo segredo de justiça, segundo a nota da PGR.

A Procuradoria tinha anunciado a 21 de Julho de 2008 o arquivamento do inquérito relativo ao desaparecimento de Madeleine McCann, assim como o levantamento da condição de arguidos aos pais da menina e a Robert Murat (britânico que residia no Algarve), ressalvando que podia reabrir o processo caso surgissem "novos elementos de prova", o que agora ocorreu.

Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) refere que o trabalho de reanálise decorreu durante os últimos dois anos e meio e "permitiu conhecer novos indícios" que impõem a continuação da investigação, "preenchendo os requisitos estabelecidos" no Código de Processo Penal para a reabertura do inquérito.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG