Ministra veste-se de mordoma

A ministra da Cultura foi hoje desafiada a desfilar trajada de mordoma minhota durante a romaria d'Agonia, em Viana do Castelo, e aceitou de pronto, valendo-lhe o convite para ser presidente de honra da festa.

O desafio a Gabriela Canavilhas foi feito, informalmente, por elementos da organização da romaria minhota, que em agosto leva cerca de um milhão de pessoas, durante três dias, a Viana do Castelo.

A ministra, que revelou ser uma "amante" da cultura e tradição vianenses, respondeu de pronto ao desafio: "Independentemente do que acontecer depois de 05 de Junho, [eleições legislativas] podem contar comigo para desfilar como mordoma das festas. Fá-lo-ei com muito orgulho. Quero ser essa embaixadora", afirmou Gabriela Canavilhas.

A governante foi assim surpreendida, durante a visita oficial a Viana do Castelo, com o desafio, que acabou por se transformar em dois.

Depois de ouvir a ministra aceder de pronto a desfilar trajada de minhota, o presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, não resistiu a convidá-la, publicamente, para ser a presidente de honra da festa em 2011, cargo para o qual, todos os anos, é convidada uma personalidade.

"Será com muito gosto que cá estarei. Tenho uma imensa admiração pela preservação da história e cultura que Viana do Castelo tem vindo a fazer", apontou ainda.

O desafio para integrar um dos vários desfiles de mordomas, em que se chegam a juntar centenas de mulheres devidamente trajadas e com várias peças de ouro, foi feito precisamente no Museu do Traje de Viana, onde a ministra inaugurou a primeira exposição permanente.

Antes, nos últimos 13 anos, aquele museu recebeu 50 exposições e 180 mil visitantes, tendo agora um espólio de mais de 2.000 peças de colecção.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG