Ministério marca reunião no dia em que colégios ameaçam fechar

O Ministério da Educação chamou a Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP) para uma reunião, amanhã às 10.30.

Em cima da hora, Nuno Crato pretende resolver o impasse dos 1,2 milhões de euros em dívida a oito colégios do Ensino Especial. Mas a associação de Estabelecimentos do Ensino particular e Cooperativo avisa que, "a menos que haja uma óptima novidade", mantém-se a decisão - comunicada no final do ano - de não reabrir para o segundo período os colégios, frequentados por cerca de 700 alunos com necessidades educativas especiais.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG