Miguel Relvas considera discursos realistas

O novo ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, considerou hoje realistas os discursos do Presidente da República, Cavaco Silva, e do primeiro-ministro, Passos Coelho, defendendo que "abrem a porta" a uma nova esperança para Portugal.

"Foram dois discursos realistas, que abrem a porta a uma nova esperança para ultrapassarmos as dificuldades", disse Miguel Relvas aos jornalistas, no final da cerimónia de posse do novo Governo.

O XIX Governo Constitucional, liderado pelo social-democrata Pedro Passos Coelho em coligação com o CDS-PP, tomou hoje posse no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, empossou o primeiro-ministro, Passos Coelho, 11 ministros e dois secretários de Estado (Marques Guedes da Presidência do Conselho de Ministros e Carlos Moedas, adjunto do primeiro-ministro).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG