Medina: "Temos 19 das 24 freguesias de Lisboa"

No discurso de vitória, o presidente da Câmara de Lisboa destacou: "Hoje podemos dizer que cumprimos"

O presidente eleito da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, salientou hoje a "grande vitória" do partido na capital nas eleições de domingo, dando como certa uma maioria na Assembleia Municipal, quando ainda faltam apurar algumas mesas de voto.

"Obtivemos hoje em Lisboa uma grande vitória. Agora é certo que ganhámos mais duas Juntas do que tínhamos -- temos 19 das 24 --, temos maioria na Assembleia Municipal [...] e é certo também termos ganho a Câmara pela quarta vez consecutiva", destacou o autarca, no hotel Altis da Rua Castilho, onde decorreu a noite eleitoral do partido.

Falando perante uma sala cheia de apoiantes, Fernando Medina, que já preside ao executivo, agradeceu aos munícipes: "Obrigado Lisboa, obrigado pela confiança, pela responsabilidade e pelo privilégio".

Na ótica do candidato, "este resultado foi conseguido pela relação de confiança que há mais de uma década o PS tem com a cidade, uma relação de confiança que começou a ser construída pelo António Costa [secretário-geral do PS], que está aqui hoje presente".

"Cabe-nos a nós prosseguir esse caminho e fizemo-lo. Há cerca de dois anos, agarrámos os destinos da Câmara e prosseguimos com o PS de sempre e com a marca de sempre, a confiança na cidade", notou Fernando Medina, que assumiu a liderança da autarquia aquando da saída de António Costa para se candidatar a primeiro-ministro, em abril de 2015.

O autarca sublinhou que a vitória dá força ao partido para "continuar o projeto político", que "dinamiza a economia, que aposta na redução do desemprego, na criação de mais oportunidades para todos, na projeção de Lisboa como grande capital mundial e global".

"Ao mesmo tempo, investimos na qualidade de vida e na inclusão social", destacou.

Além das 17 freguesias que o PS já geria, agora preside também às Juntas do Parque das Nações e das Avenidas Novas, anteriormente governadas por independentes e por sociais-democratas, respetivamente.

No que toca à Assembleia Municipal, a atual presidente, líder do movimento Cidadãos por Lisboa, Helena Roseta, voltou a ser eleita, nas listas do PS.

Numa candidatura denominada "Lisboa precisa de todos", o PS conta com o apoio do partido Livre e com os movimentos independentes Cidadãos por Lisboa e Lisboa é Muita Gente, estes últimos, na sequência de acordos firmados em 2009.

No hotel Altis marcaram presença, além de responsáveis por estes movimentos, vários ministros, deputados do PS na Assembleia da República e membros das listas à Câmara e à Assembleia Municipal.

"Lisboa já votou e o PS já ganhou", entoaram os presentes quando Fernando Medina entrou na sala.

Nestas eleições, concorreram também à presidência da Câmara de Lisboa Assunção Cristas (CDS-PP/MPT/PPM), João Ferreira (CDU), Ricardo Robles (BE), Teresa Leal Coelho (PSD), Inês Sousa Real (PAN), Joana Amaral Dias (Nós, Cidadãos!), Carlos Teixeira (PDR/JPP), António Arruda (PURP), José Pinto-Coelho (PNR), Amândio Madaleno (PTP) e Luís Júdice (PCTP-MRPP).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG