Mário Centeno reconhece "papel ativo" da banca espanhola

Ministro considera positivo o trabalho da banca espanhola no mercado português, mas afirma que os setores bancários de ambos os países precisam de estabilidade.

No entanto, Mário Centeno sublinhou que as instituições "se devem adaptar aos requisitos próprios do nosso mercado", ou seja reconhecer as características precisas e diferentes do mercado português em relação a outros mercados.

O governante, que falou durante um almoço onde se juntaram cerca de 250 personalidades, entre as quais alguns líderes de instituições bancárias, reforçou ainda a necessidade dos setores bancários se "estabilizarem e reforçarem" que resultem numa União Europeia mais coesa e sólida.

Por outro lado, o ministro com a pasta das Finanças afirmou que os problemas no setor financeiro "só poderão ser resolvidos no seio da União Europeia" e que para isso é preciso um trabalho conjunto.

Mais Notícias