Maquinistas da CP esperam paralisação total no feriado

O presidente do Sindicato Nacional dos Maquinistas (SMAQ), António Medeiros, afirmou à Lusa que as expectativas para a greve de amanhã são de paralisação total.

Com as greves ocorridas, espera-se que o impacto seja "necessariamente maior", afirma António Medeiros.

O sindicalista referiu ainda que o SMAQ vai cumprir "escrupulosamente" os serviços mínimos e continua à procura de um "entendimento com a tutela". Algo que, segundo a CP, não tem acontecido até aqui, uma vez que "alguns sindicatos têm declarado a intenção de não assegurarem os serviços mínimos.

A empresa ferroviária informou também que prevê que possam ocorrer, por motivos de greve, entre dias 07 e 31 de outubro "algumas perturbações e supressões nos serviços Urbanos de Lisboa, Urbanos do Porto, Urbanos de Coimbra, Regional e InterRegional".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG