Centenas participaram nas vindimas ao vivo

Centenas de residentes e turistas participaram hoje numa vindima ao vivo no Estreito de Câmara de Lobos, um evento incluído no programa da Festa do Vinho Madeira e contribuiu para uma ocupação hoteleira na ordem dos 90 por cento.

Devido à grande afluência de pessoas na localidade, a secretária regional do Turismo da Madeira, Conceição Estudante, afirmou hoje que "enquanto houver vinho haverá a Festa do Vinho".

A governante falava após ter participado na apanha de uvas, onde as latadas foram pequenas para acolher as centenas de pessoas que quiseram participar nesta ação, inserida no programa da Festa do Vinho da Madeira, que se prolonga até domingo, representando um investimento do executivo insular na ordem dos 100 mil euros.

"Esta iniciativa, que está a ganhar cada vez maior projeção, cada vez a atrair mais pessoas, insere-se numa estratégia de animação de um calendário continuado de eventos na região que sejam capazes de atrair turistas no ano inteiro, eventos que têm a marca de ter uma temática que é nossa", declarou Conceição Estudante, considerando que este tipo de ações com "autenticidade criam originalidade".

Segundo a responsável é notório o "interesse renovado dos participantes", que fazem a vindima, participam os rituais antigos", argumentando ser necessário "criar continuidade, dar garantia aos operadores que podem continuar a promover com segurança", excedendo as expectativas dos visitantes.

Conceição Estudante referiu que devido à grande procura "as latadas vão ter que crescer para acolher tantas pessoas", considerando que a grande afluência é "um desafio para o qual é necessário encontrar alternativas".

Além da apanha da uva, a freguesia do Estreito de Câmara de Lobos foi ainda palco para um cortejo alegórico no âmbito do qual desfilaram 14 coletividades mostrando tradições relacionadas com o vinho e as vindimas.

A Festa do Vinho da Madeira começou no passado domingo no Funchal, envolve quase 1.400 pessoas, tendo o programa incluído, entre outras ações, a Semana Europeia de Folclore, um festival de cocktails, exposições etnográficas, quadros vivos, música tradicional e gastronomia regional nas placas centrais da avenida Arriaga no Funchal.

Nesta zona, 12 figurantes, com roupas inspiradas no tema do vinho, interagiram com os visitantes e os produtores de vinho realizaram prova de vinhos e de outros produtos regionais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG