"Madame" da prostituição lisboeta detida

A mulher de 69 anos foi investigada durante um ano. Mandado de detenção e busca foi cumprido e acabou com o seu negócio.

Foi às 00.30 de quinta-feira que os agentes da Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa foram ao encontro da "madame", uma mulher já idosa, de 69 anos, que fazia negócio com a prostituição há muito tempo. A detenção da suspeita do crime de lenocínio aconteceu na zona de Alcântara, em Lisboa, depois de uma investigação que durou um ano.

Numa busca à casa da mulher, onde várias prostitutas tinham encontros sexuais com os seus "clientes", a PSP apreendeu dinheiro, apontamentos e outros objetos relacionados com a prática da prostituição.

A "madame" cedia o seu apartamento a troco de uma parte dos proveitos conseguidos pelas prostitutas. A suspeita já tem antecedentes pela prática de crimes de lenocínio (favorecimento da prostituição para obter lucro).

A detida está a ser presente no tribunal de instrução criminal de Lisboa para primeiro interrogatório judicial.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG