Lixa do Alvão, das freguesias mais novas do país é extinta

A Lixa do Alvão, em Vila Pouca de Aguiar, é uma das freguesias mais novas do país e também uma das que integra a lista de extinções divulgada hoje pela Unidade para a Reorganização Administrativa do Território (UTRAT).

Esta freguesia, localizada em serra do Alvão, foi criada em 2003.

António Guedes, o primeiro e último presidente, foi eleito em 2005. O autarca afirmou hoje à agência Lusa que, apesar de perder a freguesia, está de acordo com a reforma que, neste caso, vai dar origem à freguesia do Alvão.

A proposta, apresentada pela autarquia e agora aprovada pela UTRAT, vai no sentido de agregar as freguesias de Afonsim, Gouvães da Serra, Lixa do Alvão e Santa Marta da Montanha, com sede a instalar no lugar de Carrazedo do Alvão.

"O melhor que nos pode acontecer é ter só uma freguesia e, assim, podermos ter pessoas a tempo inteiro a trabalhar para a junta", salientou o autarca.

António Guedes ainda não sabe se se vai candidatar à nova freguesia, mas faz um balanço muito positivo da experiência como autarca, destacando como a sua melhor obra o "saneamento básico ligado a todas as casas".

"Para além de muitas outras coisas que fiz, como o cemitério, polidesportivos, balneários, casas mortuárias, penso que o saneamento é a coisa mais essencial", sublinhou.

O presidente diz que gosta de andar pela aldeia e que tem sempre tempo para parar e ouvir as queixas, os lamentos ou os desabafos da população.

"As pessoas nesta zona vivem muito isoladas e às vezes tudo o que precisam é que alguém lhes bata à porta a perguntar se está tudo bem", salientou.

O distrito de Vila Real perde, para já, 67 das 268 freguesias.

De acordo com o documento da UTRAT, ainda se aguarda uma nova proposta por parte da Assembleia Municipal de Peso da Régua (PSD), que tinha votado pela fusão de uma freguesia, passando de 12 para 11.

Quatro dos 14 concelhos do distrito não apresentaram propostas, nomeadamente Alijó (PS), Murça (PS), Ribeira de Pena (PSD/CDS-PP) e Santa Marta de Penaguião (PS).

Por isso mesmo, a unidade propôs agora a redução de cinco freguesias em Alijó, duas em Murça, duas em Ribeira de Pena e três em Santa Marta de Penaguião.

Em todos os outros concelhos, a UTRAT aprovou os pareces que lhe chegaram das assembleias municipais.

Boticas (PSD) perde seis freguesias, Chaves (PSD) 12, Mesão Frio (PS) duas, Mondim de Basto (PS) duas, Montalegre (PS) 10, Sabrosa (PS) três, Valpaços (PSD) seis, Vila Pouca de Aguiar (PSD) quatro e Vila Real (PSD) 10.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG