Já abriu o primeiro Centro de Apoio à Saúde Oral para pessoas carenciadas em Lisboa

Prevê-se que até dezembro mais de 75 utentes beneficiem do serviço

O primeiro Centro de Apoio à Saúde Oral a abrir em Lisboa foi hoje inaugurado no Centro Social Laura Alves, na freguesia de Santo António, um projeto que pretende disponibilizar tratamentos médico-dentários a pessoas com dificuldades socioeconómicas.

Segundo uma nota enviada pelo presidente da Junta de Freguesia de Santo António, Vasco Morgado, o projeto inclui "pessoas em fase de vida ativa, bem como as cerca de 400 crianças que frequentam as duas escolas da freguesia".

"Para os mais novos, o Dr. Dentinhos chega às escolas no sentido de prevenir e adquirir práticas de higiene oral. Aqui as escolas vão ser envolvidas através de promoção de hábitos de saúde oral e nutrição, bem como hábitos de escovagem diários", de modo a evitar "graves problemas no futuro", releva o comunicado.

Nesta primeira fase, adianta, as instalações do Centro Social Laura Alves "estão a ser preparadas com obras de readaptação para instalar um consultório com cadeira médico-dentária, um gabinete de esterilização e um gabinete psicossocial".

Os utentes vão ser encaminhados pela freguesia de Santo António e por Instituições de Solidariedade Social do concelho que queiram ser parceiras deste centro.

De acordo com o comunicado enviado pela Organização Não Governamental (ONG) "Mundo a Sorrir", responsável pelo projeto em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e a Junta de Freguesia de Santo António, o serviço pretende abranger mais de 75 utentes até dezembro.

O valor a pagar depende do tipo de tratamento e o preço das consultas "será definido com base no valor de capitação diária".

Além dos tratamentos médico-dentários, o centro visa fazer "o acompanhamento psicossocial às populações em situação de vulnerabilidade socioeconómica, tendo em vista a sua reintegração social".

Este é o terceiro Centro de Apoio à Saúde Oral do país, que já está presente no Porto desde 2009 e em Braga desde 2015.

Mais Notícias