Judiciária deteve quatro pessoas por burla ao SNS

Operação da Unidade Nacional Contra a Corrupção voltou a detetar esquema de receituário falso para burlar o Estado.

Quatro pessoas foram, esta tarde, detidas por suspeitas de mais uma burla ao Serviço Nacional de Saúde relacionada com receitas falsas e a posterior obtenção da comparticipação do Estado. Segundo informações recolhidas pelo DN, os suspeitos poderão ser farmacêuticos e médicos, porém, ainda não foi possível confirmar qual o tipo de atividade que desenvolvem.

Segundo adiantou esta terça-feira a SIC/Notícias, a Unidade Nacional Contra a Corrupção lançou uma operação contra farmácias da Grande Lisboa por suspeita de falsificação de documentos, irregularidades na facturação e na comparticipação de medicamentos e por ilícitos fiscais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG