"Insulto" de Rui Moreira é "intolerável", diz presidente de Vigo

O presidente da Câmara da cidade galega exige que Rui Moreira retire o que disse quando chamou "miserável" ao aeroporto de Vigo

O anúncio do voo de ligação da TAP entre Lisboa e Vigo está a causar tensão entre a Câmara do Porto e a da cidade galega, após uma entrevista de Rui Moreira em que o presidente da Câmara chamou "miserável" ao aeroporto de Vigo.

O presidente da Câmara de Vigo, Abel Caballero, não poupou palavras quando reagiu às declarações do seu homólogo na Invicta, afirmando que as suas declarações, tanto em entrevista à revista Visão na sua edição desta quinta-feira como mais tarde na sua reunião com o primeiro-ministro António Costa, eram "um insulto para Vigo".

Caballero afirmou detestar os presidentes da Câmara que insultam a sua cidade, considerando as palavras de Rui Moreira "intoleráveis, impróprias de um presidente da Câmara de uma cidade que consideramos amiga". Caballero exigiu ainda, citado pelo jornal galego La Voz de Galicia, que Rui Moreira pedisse desculpas.

À Visão, Rui Moreira falara sobre a decisão da TAP de começar a realizar voos entre Vigo e Lisboa, incluindo fazer ligações para voos intercontinentais. Nessa entrevista, disse que Vigo tinha um "aeroporto miserável" que "percebeu que há um senhor americano em Lisboa que tem uns aviões a hélice parados", e aproveitou para troçar de um pacote promocional que a TAP oferecerá para os voos intercontinentais que realize a partir de Vigo com ligação no aeroporto da Portela.

Rui Moreira disse ainda que tudo o que a TAP pretende "é deixar de lado o nosso aeroporto e favorecer o de Lisboa no que diz respeito aos passageiros galegos", e acrescentou temer o impacto da ponte aérea entre Vigo e Lisboa no turismo do Porto e no tráfego do aeroporto Sá Carneiro.

Entretanto o presidente da Câmara de Vigo afirmou mesmo que não voltará "a sentar-se no Eixo Atlântico até que [Rui Moreira] peça desculpas".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG