Bombeiros da Guarda apelam à ajuda da população

Comandante dos Bombeiros Voluntários da Guarda (BVG) apelou esta segunda-feira à população para colaborar ativamente no combate aos incêndios no concelho.

Paulo Sequeira disse esta manhã que os "voluntários" são insuficientes para acudir às várias situações, daí que peça aos habitantes que colaborem ao "máximo" nas ações de combate às chamas.

"Cada um [deve] defender as suas coisas e ajudar o vizinho a defender as suas coisas, porque senão, não temos hipóteses", disse o comandante dos BVG.

O comandante explicou que os incêndios rurais estão a ser combatidos apenas com os meios dos BVG "e com o apoio dos vizinhos [bombeiros] do concelho [Gonçalo e Famalicão da Serra]", por isso, "é necessário que o povo se una em redor das casas e do seu cultivo, para fazer face a isto e ajudar".

"Não temos meios suficientes que cheguem a todo o lado. Nem para um terço, quanto mais a todo o lado", acrescentou.

Segundo a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), no concelho da Guarda estavam hoje de manhã ativos incêndios que começaram nas zonas de Benespera e Ramela, Pousade e Albardo, que estavam a ser combatidos por 100 homens e 23 viaturas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG