Guilherme d'Oliveira Martins preside às celebrações dos 200 anos do constitucionalismo

O ex-presidente do Tribunal de Contas aceitou organizar as comemorações dos 200 anos da revolução liberal, que se celebram em 2020.

Guilherme d'Oliveira Martins foi convidado pela Assembleia da República a conceber toda a programação que permita perceber os ideais liberais, republicanos e democráticos que presidiram à Revolução Liberal de 1820 e à Constituição de 1822. "O tema tem tudo para merecer consenso e continuidade institucional", refere uma nota do gabinete do presidente do Parlamento, Ferro Rodrigues. Isto porque em 2020 já estaremos numa nova legislatura.

No âmbito destas celebrações já estavam previstas para este ano de 2017 um concerto na Assembleia da República (AR) evocativo dos 175 anos da morte de Domingos Bomtempo e uma homenagem a Passos Manuel.

Este ano também se celebram os 150 anos da abolição da Pena de Morte em Portugal. A AR estará envolvida nas celebrações - conjuntamente com a Câmara Municipal de Lisboa e Arquivos Nacionais - com uma edição comemorativa, um conferência e um concerto.

Mais Notícias