Gripe aumenta e leva a mais casos graves internados

Há mais doentes internados nos cuidados intensivos. Ministério alarga horário dos centros de saúde e Linha Saúde 24 reforça equipa dedicada

O número de casos de gripe está a aumentar, assim como as situações graves que obrigam a internamentos nos cuidados intensivos. Ministério da Saúde emitiu ontem uma circular dizendo que todos os centros de saúde da região da Grande Lisboa que tenham capacidade devem ficar abertos até às 22.00. Situação que pode ser alargada a outras regiões do país. T

ambém a Linha Saúde 24 está a formar enfermeiros para ter uma equipa dedicada apenas aos casos de gripe. Chamadas diárias aumentaram, sobretudo por causa de problemas respiratórios e gastrointestinais.

"Estamos a assistir a um aumento progressivo dos casos de gripe, seguindo também o que se passa noutros países da Europa, e é possível que se atinja a fase epidémica na próxima semana. Já temos casos de pessoas com gripe internadas nos cuidados intensivos. Costuma existir um atraso entre os casos de gripe na comunidade e os casos que chegam aos cuidados intensivos, mas neste ano isso não está a acontecer. O aumento tem sido simultâneo", explica ao DN Filipe Froes, pneumologista e consultor da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Leia mais no e-paper do DN ou edição impressa

Mais Notícias

Outras Notícias GMG