Governo designa novos dirigentes

Marta Temido vai dirigir Administração Central do Sistema de Saúde e Henrique Luz Rodrigues será o novo presidente do Infarmed.

Marta Temido foi nomeada hoje Presidente do Conselho Diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), em Resolução do Conselho de Ministros.

Até ao final do ano, Marta Temido foi presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares e integrou o conselho de administração do Hospital Arcebispo João Crisóstomo. É doutorada em Saúde Internacional, especialidade de Políticas de Saúde e Desenvolvimento e assistente convidada da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, assume a presidência da ACSS.

A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) também vai ter um novo conselho diretivo, que vai tomar posse amanhã, num a sessão que contará com a presença do ministro Adalberto Campos Fernandes e o secretário de Estado da Saúde Manuel Delgado.

Henrique Luz Rodrigues será o novo presidente do Conselho Diretivo. Luz Rodrigues é licenciado em medicina e especialista em farmacologia clínica. Em termos profissionais, presidiu à Comissão de Farmácia e Terapêutica do Centro Hospitalar de Lisboa Norte e foi membro da Comissão de Avaliação de Medicamentos do INFARMED em representação da Ordem dos Médicos. Desempenhou ainda diversas funções na Agência Europeia do Medicamento, o regulador para a área do medicamento na União Europeia.

O vice-presidente será Rui Ivo, que transita da presidência da ACSS para regressar ao Infarmed, onde esteve entre 1994 e 2005, e que chegou a liderar entre 2002 e 2005. O atual presidente era Helder Mota Filipe, que se mantém na equipa de dirigentes, enquanto vogal. Depois de 10 anos enquanto vice-presidente, passou a presidente, substituindo o médico Eurico Castro Alves.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) também vai passar a ter uma nova direção. Depois do pedido de demissão de Luís Cunha Ribeiro, na sequência do caso de morte por rutura de aneurisma no Hospital de São José, a presidência do conselho diretivo ficará nas mãos de Rosa Matos, que foi presidente da ARS do Alentejo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG