Governo chegou a acordo com a farmacêutica Gilead sobre remédio da hepatite C

Ministério da Saúde e Gilead acordaram no preço para o medicamento desta farmacêutica capaz de curar a hepatite C.

O Governo já acordou um preço com a farmacêutica Gilead para o medicamento para a hepatite C que tem estado no centro das atenções, sabe o DN.

O diretor da Gilead, empresa sediada na Suíça, que está em Portugal, teve hoje reuniões no Infarmed e no Ministério da Saúde.

Não é conhecido ainda o valor acordado. Sabe-se apenas que em cima da mesa estava uma proposta de 24 mil euros por três meses de tratamento, com mais três meses gratuitos caso fosse necessário prolongar a terapia.

Caso se confirme este como valor final o ministro Paulo Macedo consegue uma redução de 50% sobre o preço base do remédio - 48 mil euros. Há um ano que o laboratório e o Governo estavam em negociações.

O acordo terá sido conseguido com base num plano a três anos que permitirá tratar na prática os quase 13 mil doentes com hepatite C inscritos nos hospitais públicos. Terá sido a economia de escala que permitiu baixar o preço.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG