GNR registou nove vítimas mortais em apenas dois dias

A GNR registou desde as 00:00 de hoje oito acidentes graves, de que resultaram duas mortes, elevando para nove o número de vítimas mortais desde o início da Operação Páscoa, disse à agência Lusa fonte do Comando Geral.

O primeiro acidente do terceiro dia da operação ocorreu às 00:43, na Estrada Municipal 313-1, e provocou um ferido grave, ao quilómetro 6.4, próximo da localidade de Tojais, em Vila Real, quando o condutor de um ciclomotor se despistou. Pelas 00:50, na Estrada Nacional 18, ao quilómetro 365.8, em Penedo Gordo, Beja, despistou-se uma viatura ligeira, havendo também um ferido grave deste acidente.

"Às 03:38, no Itinerário Complementar 1 (IC 1), ao quilómetro 677.8, em Aldeia de Palheiros, também no distrito de Beja, dois veículos colidiram, um ligeiro e um pesado de mercadorias, causando um morto e um ferido grave. No Itinerário Principal 2 (IP 2), às 07:00, despistou-se um veículo pesado, ao quilómetro 180, dando origem a dois feridos, um deles com gravidade. No Algarve, despistou-se uma viatura ligeira com matrícula espanhola, às 08:20, na A 22, ao quilómetro 107, próximo de Tavira, provocando uma morte.

Na sexta-feira, registaram-se 242 acidentes nas estradas do país, de que resultaram cinco mortos e 13 feridos graves. Entre as vítimas mortais incluem-se os três mortos do acidente de Vila Chã do Marão, Amarante, envolvendo um carro desgovernado que colheu várias pessoas que integravam uma procissão na via pública.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG