Funcionários sem gravata para poupar ar condicionado

A ministra da Agricultura, Mar e Ambiente vai dispensar os colaboradores de usar gravata para poder reduzir a utilização do ar condicionado e poupar na despesa da electricidade e na pegada ecológica.

Assunção Cristas apresenta na sexta-feira a iniciativa "Ar Cool", inspirada em boas práticas internacionais e que visa concretizar o objectivo do programa do Governo de reduzir o consumo de energia na administração pública em 30 por cento até 2020.

A alteração da temperatura ambiente dos edifícios do ministério no verão, estabilizando nos 25 graus, junta-se a outras medidas de sustentabilidade energética e ambiental, como o uso preferencial de meios electrónicos para as comunicações entre gabinetes e serviços, a utilização de sistemas de videoconferência e a indicação para os equipamentos electrónicos serem desligados, em vez de mantidos em "stand by".

"A manutenção do conforto dos colaboradores do ministério poderá ser obtida através da utilização de uma indumentária menos formal, dispensando por regra o uso da gravata", explica uma informação hoje divulgada pelo ministério de Assunção Cristas. Esta medida será adoptada no gabinete da ministra e dos secretários de Estado e em todos os edifícios do ministério para "reduzir a despesa global em eletricidade e a correspondente pegada ecológica, todos os anos, entre 1 de junho e 30 de setembro".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG