Estrada interrompida e várias casas inundadas em S. Miguel

A Proteção Civil nos Açores anunciou hoje que a chuva forte que caiu esta manhã em S. Miguel obrigou a interromper a circulação na estrada regional da Candelária e provocou inundações em habitações no concelho de Ponta Delgada.

Uma nota informativa do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores refere que o agravamento do estado do tempo provocou uma ocorrência "com alguma gravidade" na maior ilha dos Açores, S, Miguel.

Além da estrada regional interrompida na Candelária, a Proteção Civil revelou que está obstruída uma estrada na freguesia dos Ginetes, na Lomba dos Gagos, e há registo de várias habitações inundadas na Várzea, Candelária e S. Roque.

A Proteção Civil revelou, ainda, que há a registar o desabamento do muro do cemitério da Ajuda da Bretanha, a circulação na ponta da rua da Patacha, na freguesia da Bretanha, está condicionada e no Baleeiro de Baixo Além Capelas, houve carros arrastados.

Fonte da Proteção Civil disse à Lusa que além dos Bombeiros de Ponta Delgada, PSP, Proteção Civil Municipal e membros da secretaria regional do Turismo e Transportes, foram mobilizados para o local dos incidentes os Bombeiros da Ribeira Grande.

A mesma fonte referiu que a operação deverá demorar mais algumas horas no terreno.

"Até ao momento não há danos pessoais a registar", garantiu a mesma fonte da Proteção Civil.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG