"Estou aqui pela Maddie e pelo mal que causou o livro"

Os McCann pedem um milhão e 250 mil euros de indemnização ao antigo coordenador da Polícia Judiciária de Portimão e autor do livro "A Verdade da Mentira", que foi usado como base de um documentário emitido na TVI.

"Estou aqui pela Madeleine e pelo mal que causou o documentário e o livro", garantiu hoje Kate McCann à saída da sessão do julgamento no Palácio da Justiça, em Lisboa, que opõe o casal McCann a Gonçalo Amaral, o responsável da PJ que investigou o desaparecimento de Madeleine em 2007.

O processo, que chegou a ser adiado por duas vezes, estava suspenso a pedido da advogada do casal inglês para tentativa de acordo extrajudicial entre as partes. Algo que nunca aconteceu.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG