Enfermeiros em vigília frente ao Ministério da Saúde

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) realiza hoje uma vigília em frente do Ministério da Saúde, pela "dignidade da profissão", para a qual apelou à participação de todos os profissionais.

Em causa está a subcontratação de enfermeiros para centros de saúde e hospitais, que resulta num pagamento inferior a quatro euros por hora a estes profissionais de saúde.

A ARS de Lisboa veio explicar que lançou um concurso público para aquisição de serviços de enfermagem com um valor base de 8,50 euros por hora - preço médio no mercado deste tipo de serviços -, mas todos os valores apresentados foram substancialmente inferiores, tendo sido adjudicado a um preço entre 4,77 e 5,19 euros.

O ministro da Saúde fez entretanto saber que pediu a intervenção da Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) para verificar a regularidade do processo concursal para a contratação de enfermeiros, e que considerou que não é razoável contratar estes profissionais a quatro euros por hora.

A vigília de hoje foi decidida na quarta-feira, numa reunião do SEP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG