Em janeiro, menos pessoas receberam RSI, abono de família e subsídio de assistência

46 mil crianças e jovens deixaram de receber abono de família

Diminuíram em janeiro, comparativamente com dezembro de 2015, os números de recipientes de subsídio por assistência a 3.ª pessoa em cerca de 2%, de recipientes de abono de família em cerca de 4,3%, e de recipientes do Rendimento Social de Inserção em cerca de 0,3%.

Abono de família

O abono de família foi atribuído a 1.078.754 crianças e jovens em janeiro, menos 46.750 relativamente ao mês de dezembro, representando uma quebra de 4,3%, revelam dados do Instituto da Segurança Social (ISS).

As estatísticas da Segurança Social, atualizadas a 16 de fevereiro e sujeitos a atualização, referem que em relação ao mês homólogo de 2015 houve uma descida de 5,1% no número de beneficiários desta prestação social.

Segundo os dados do ISS, em janeiro do ano passado 1.134.654 crianças e jovens beneficiaram desta prestação, mais 55.900 do que em janeiro deste ano.

Em janeiro, 731.250 crianças e jovens pediram para receber abono de família, enquanto em dezembro tinham sido 767.378. Os aumentos dos abonos de família e dos abonos de família pré-natal entraram em vigor a 01 de fevereiro, trazendo subidas que variam entre os 2% e os 3,5%.

Subsídio por assistência a 3.ª pessoa

O número de beneficiários do subsídio por assistência a terceira pessoa, para quem tem a cargo uma pessoa com deficiência que necessita de acompanhamento permanente, desceu quase 2% entre dezembro e janeiro, havendo agora 12.089 pessoas a receber esta prestação social.

De acordo com os dados mais recentes do Instituto da Segurança Social (ISS), em janeiro foram contabilizadas 12.089 pessoas que tinham direito a esta prestação social, menos 225 do quem em dezembro de 2015 e menos 311 do que em relação a janeiro de 2015.

Os dados do ISS mostram que é no distrito de Lisboa que existem mais pessoas a usufruir desta prestação social, com 2.830 beneficiários, logo seguido do Porto, com 2.826.

O subsídio por assistência a terceira pessoa é uma prestação mensal em dinheiro que se destina a compensar as famílias com descendentes, a receber abono de família com bonificação por deficiência ou subsídio mensal vitalício, que estejam em situação de dependência e necessitem do acompanhamento permanente de uma terceira pessoa.

Rendimento Social de Inserção

O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) desceu ligeiramente em janeiro, alcançando 207.998 pessoas, menos 831 face ao mês de dezembro, segundo dados do Instituto de Segurança Social (ISS).

Comparando com o período homólogo do ano passado, o número praticamente se manteve. Em janeiro de 2015, beneficiaram desta prestação social 208.146 pessoas, mais 148 (0,07%) do que em janeiro deste ano.

Os dados do ISS, atualizados a 16 de fevereiro, indicam também uma redução no número de famílias a receber o RSI, passando de 94.681 em dezembro para 94.275 em janeiro, menos 406 famílias (-0,43%).

A quebra foi mais acentuada relativamente a janeiro de 2015, com 3.675 famílias a perder o direito ao Rendimento Social de Inserção (-3,89%%) num ano.

Segundo os dados da Segurança Social, publicados no site, o maior número de beneficiários a receber o RSI reside no distrito do Porto (61.107), seguindo-se Lisboa (36.687), o arquipélago dos Açores (17.871) e Setúbal (17.746).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG