Domingos Duarte Lima é o primeiro político condenado a 10 anos de prisão

O ex-deputado do PSD vai recorrer da condenação pelos crimes de burla qualificada ao BPN e branqueamento de capitais

"A decisão do tribunal é brutal, imerecida e injusta." Foi desta forma que Duarte Lima comentou o veredicto dos juízes da 7.ª Vara Criminal de Lisboa que condenaram o ex-líder parlamentar do PSD a dez anos de prisão efetiva no chamado caso Homeland, um processo sobre suspeitas de burla qualificada ao antigo BPN com posterior branqueamento de capitais.

Foram, precisamente, estes dois crimes que o tribunal deu como provados contra Duarte Lima.

No papel de assistente no processo, a Parvalorem, empresa do Estado responsável pela recuperação de créditos do extinto BPN, ouviu o tribunal confirmar o pedido de indemnização civil, situando-o num montante "não superior a 18 milhões de euros".

Leia mais na edição impressa e no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG