Doentes com esclerose lançam petição

As associações de doentes com esclerose múltipla estão a recolher assinaturas para entregar na Assembleia da República uma petição em defesa do tratamento adequado de todos os doentes que sofrem desta patologia em Portugal.

A Associação Nacional de Doentes com Esclerose Múltipla (ANEM), a Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) e a Associação Todos com a Esclerose Múltipla (TEM) consideram inaceitável o facto de haver doentes com esclerose múltipla no país que não estão a receber tratamento adequado em hospitais que pertencem ao Serviço Nacional de Saúde.

Manuela Neves, representante da ANEM, SPEM e TEM explica que "existem no mercado seis medicamentos aprovados para a primeira linha de tratamento para a esclerose múltipla. No entanto, em alguns hospitais do SNS é prescrito um único fármaco a todos os doentes, ainda que possa não ser o adequado a cada caso. A escolha, baseada em critérios económicos e não clínicos, recai no medicamento mais barato, sem atender às necessidades específicas de cada doente. Acresce que o fármaco escolhido pode vir a ser mudado a cada ano, dependendo da negociação de preços entre cada hospital e os laboratórios".

A recolha de assinaturas está a ser feita no endereço http://peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=SPEM. O objetivo é conseguir 4000 assinaturas, número que permite que a petição seja submetida à apreciação da Assembleia da República.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG