Dinheiro dos banhos gelados não chega a Portugal

O dinheiro conseguido com a campanha de banhos gelados que se tornou viral na internet vai todo para associação americana de doentes com esclerose lateral amiotrófica.

A iniciativa já levou cantores, desportistas, empresários, muitos nomes conhecidos a despejar um balde de água com gelo por cima da cabeça. Quem não cumprir a tarefa tem de fazer um donativo para a associação de doentes. Dinheiro que é totalmente encaminhado apenas para esta associação.

A doença, vulgarmente conhecida por ELA, é degenerativa e não tem cura. Os donativos servirão para investigação. Objetivo semelhante aos das associações europeias, entre as quais a Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica (APELA).

Em declarações à TSF, Mamede de Carvalho, presidente do conselho científico da APELA e neurologista, pede que as campanhas continuem mas que os donativos sejam canalizados para a associação nacional.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG