Detido por agredir idoso doente com renda em atraso

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, ao final de vários meses de investigação, um homem de 31 anos que agrediu violentamente um outro com cerca de 70 e doente no interior da sua própria residência, em Sintra.

Ao DNonline, fonte da Judiciária disse que o idoso vivia numa casa arrendada ao agressor, mas que já não pagava a renda há bastante tempo. "Só pagou os dois primeiros meses", referiu a fonte, adiantando que para ajustar contas, o arrendatário e mais dois indivíduos jovens retiraram o "idoso - uma pessoa doente - de casa, levaram-no para um descampado, ameaçaram-no de morte e agrediram-no violentamente".

Segundo a PJ, ao trazerem a vítima de regresso a casa, os indivíduos depararam-se com a polícia que foi entretanto chamada. Os indivíduos acabaram por abandonar o homem a alguma distância da sua residência. Tudo aconteceu no final de 2010 e desde essa altura que a PJ investiga, através da Unidade Nacional Contra-Terrorismo (UNCT), o caso, acabando por deter ontem o agressor.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG