Costa destaca evolução das relações económicas e empresariais com a Índia

Primeiro-ministro português realça entendimento do homólogo indiano, Narendra Modi, sobre as relações bilaterais.

António Costa sublinhou este sábado, em Lisboa, que a sua visita oficial à Índia há quatro meses já começou a dar frutos.

"É com muita satisfação que constato que, quatro meses passados, muito do que então foi combinado, muito do que foi antevisto, tem estado a ter concretizações efetivas", afirmou o primeiro-ministro português, na abertura de uma conferência internacional organizada pela Casa de Goa em Portugal.

Além dos novos investimentos já anunciados por um grupo industrial indiano para continuar a produzir peças de metalomecânica destinadas à indústria automóvel na Maia e Águeda, António Costa assinalou ainda a chegada a Lisboa, esta semana, do primeiro grupo de alunos que vão receber formação em escolas de turismo portuguesas.

O primeiro-ministro, de origem goesa e que é desde hoje sócio honorário da Casa de Goa, elogiou depois o contributo do seu homólogo indiano para a melhoria das relações bilaterais: "Se há algo que é hoje muito claro sob a liderança" de Narendra Modi é que "o passado tem um enorme valor histórico, deve-nos inspirar para aquilo que podemos fazer em conjunto no futuro, mas não nos pode limitar nas inúmeras oportunidades" que o presente e o futuro oferecem aos dois países.

António Costa, que se tornou o primeiro chefe do Governo português a visitar Goa ao fim de 500 anos de história comum, adiantou que no futuro "será comum, normal e imprescindível qualquer" dos seus sucessores "ir a Goa".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG