Comissão quer Tribunal a decidir sobre entrega de documentos da Caixa e BdP

Bancos têm-se recusado em enviar documentação aos deputados

A comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD) decidiu hoje pedir ao parlamento para recorrer ao Tribunal da Relação sobre a entrega de documentação da parte do banco público e do Banco de Portugal (BdP).

A comissão reuniu-se hoje para apreciar um requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do PSD solicitando o recurso ao Tribunal da Relação de Lisboa, e no final o texto foi aprovado com os votos de todas as bancadas aparte o PS, que se absteve.

Em causa está a recusa da CGD e do BdP de enviar documentação aos deputados da comissão de inquérito, procurando agora os parlamentares que o Tribunal da Relação decida sobre o envio ou não da documentação.

Na próxima semana a comissão volta a reunir-se e os trabalhos podem vir a ser interrompidos - para eventualmente serem retomados quando for tomada uma decisão judicial em torno da documentação pedida.

A comissão de inquérito está a avaliar a gestão do banco entre 2000 e 2015, período durante o qual passaram pela administração figuras como António de Sousa, Luís Mira Amaral, Vítor Martins, Carlos Santos Ferreira, Armando Vara, Fernando Faria de Oliveira e José de Matos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG