Comboio direto entre Porto e Vigo a 1 de julho

As ligações de comboio diretas entre Porto e Vigo, anunciadas no final da última Cimeira Luso-Espanhola, arrancam a 01 de julho, confirmou hoje à Lusa fonte oficial da CP.

"A ligação direta terá início no próximo dia 1 de julho", disse a mesma fonte.

Acrescentou que os detalhes do serviço estão a ser ultimados pelas empresas intervenientes, as portuguesas CP (serviço de transporte de passageiros) e Refer (gestão da rede ferroviária) e as congéneres espanholas, respetivamente RENFE e ADIF.

Igualmente contactada pela agência Lusa, fonte do Ministério da Economia e do Emprego (MEE) confirmou a previsão de duas ligações diárias diretas em cada sentido, sendo objetivo reduzir as mais de três horas necessárias à viagem, atualmente, para cerca de duas.

A fonte acrescentou que face à modernização prevista para a linha ferroviária, nomeadamente no troço entre Nine, Viana do Castelo e Valença, tal como definido na última Cimeira Luso-Espanhola realizada em Madrid a 13 de maio, o objetivo passa por ter, a partir de 2016, uma ligação entre Porto e Vigo com uma hora e meia de duração, num modelo semelhante ao intercidades nacional.

Atualmente são realizadas duas ligações diárias entre Porto e Vigo, as duas maiores cidades do Norte de Portugal e da Galiza, as quais contam com 14 paragens intermédias, segundo informação disponível no portal da CP na internet.

Embora sem esclarecer os moldes futuros da ligação com paragens, a definir entre as empresas responsáveis pelo serviço nos dois países (CP e Renfe), a mesma fonte do MEE garantiu que esta será mantida e que a ligação direta representa uma melhoria do atual serviço internacional.

Na declaração final da XXVI Cimeira Luso-Espanhola, Portugal e Espanha congratularam-se com a introdução de um comboio direto diário entre Porto e Vigo, nos dois sentidos, e de um bilhete único nessa ligação ferroviária a partir do verão.

Estas mudanças na ligação entre Porto e Vigo foram estabelecidas num acordo entre a CP e a Renfe.

Na mesma declaração, Portugal e Espanha assumiram ainda o "compromisso" de "agilizar os recursos disponíveis que permitam finalizar a eletrificação de todo o trajeto até 2016".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG