"Dia trágico": Cinco mortos e 13 feridos graves

GNR registou cinco mortos e treze feridos graves entre as 08:00 de sexta-feira e as 00:40 de hoje, em acidentes de viação nas estradas nacionais, considerando tratar-se de "um dia trágico"

Fonte do Comando Geral da GNR disse à agência Lusa que o acidente mais grave ocorreu em Moura, no distrito de Beja, onde um menino de quatro anos morreu e os pais e uma irmã ficaram gravemente feridos após o despiste do automóvel onde seguiam.

O despiste ocorreu ao quilómetro 52 da Estrada Nacional 385, na freguesia de Sobral da Adiça, concelho de Moura, pelas 12:45 de sexta-feira. Os feridos graves são um homem, de 23 anos, uma mulher, de 26 anos, e uma bebé, de um ano, respetivamente pai, mãe e irmã da vítima mortal.

Na Rua das Indústrias, concelho da Trofa, no distrito do Porto, pelas 12:50 de sexta-feira, uma colisão entre um veículo ligeiro e um pesado causou a morte aos dois ocupantes do automóvel, de 41 e 24 anos, condutor e passageiro, respetivamente.

Em Abrantes, no distrito de Santarém, um jovem de 19 anos morreu na sequência de uma colisão entre o veículo em que seguia com um pesado de mercadorias. O acidente aconteceu pelas 08:25 de sexta-feira na Estrada Nacional 2.

Em Albufeira, no distrito de Faro, no Algarve, um motociclista de 62 anos morreu na sequência de um despiste no caminho das sesmarias. O acidente ocorreu pelas 18:05 de sexta-feira.

Os restantes acidentes, dos quais resultaram feridos graves, aconteceram ao longo do dia de sexta-feira e já hoje em várias localidades do país: Viana do Castelo, Idanha-a-Nova (distrito de Castelo Branco), Alcoutim (Faro), Mealhada (Aveiro), Sátão (Viseu), Fafe (Braga), Matosinhos (Porto), Arouca (Aveiro) e Braga.

Mais Notícias